Prevenção: Simulação de incêndio e de abandono, mobiliza equipe de brigadistas da Flex

Na última semana, a equipe da área de Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (Sesmt) da Flex, realizou a simulação de abandono em casa de emergência em duas unidades da empresa, em Florianópolis. O objetivo foi colocar em prática as ações dos Brigadistas e a implantação do Plano de Emergência. Houve a participação de todos os Brigadistas de cada unidade, profissionais do local e o Instrutor Carlos Magno, de uma empresa especializada no treinamento de controle de incêndios.

FLEX_JERONIMO_SIMULADO

 

Na sexta-feira (23), a simulação aconteceu na unidade Riveira. Cerca de 275 pessoas, abandonaram o prédio que supostamente estava em chamas, em torno de 6 minutos. Esse foi o tempo para que todos os profissionais saíssem em segurança do local. Neste prédio houve a interação de 12 brigadistas que foram peça chave em todo o falso socorro.

Mesmo com o dobro de pessoas, no sábado (24), foi a vez da unidade Dib Mussi, realizar a simulação que por curiosidade acabou com 2 minutos de diferença. Em apenas 4 minutos, todos os  437 profissionais foram retirados sem perigo do imóvel.

FLEX_JERONIMO_SIMULADO_2

De acordo com a segurança do trabalho, Paula Costa, foi atingido o intuito das ações,  em que os
profissionais conheceram o significado do sinal de alarme de incêndio e souberam abandonar o local em ordem e agir bem em situações de pânico.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.