Estudo aponta que mais de 10% da população mundial está obesa

Um estudo publicado pelo jornal “The New England Journal of Medicine” nesta segunda-feira, 12, aponta que mais de 10% da população mundial sofre de obesidade. De acordo com o levantamento, o aumento acentuado desse número nos últimos 30 anos tem levado a problema de saúde mortes prematuras.

 

Segundo o estudo, o Índice de Massa Corporal (IMC) elevado contribuiu para 4 milhões de mortes no ano de 2015, o que representa 7,1% de todas as mortes registradas. As doenças cardiovasculares foram a principal causa de mortalidade relacionada ao peso.

Para chegar a esses resultados, pesquisadores da Universidade de Washington usaram os dados de crianças e adultos de 195 países entre os anos de 1980 e 2015. Foram mais de 68 milhões de pessoas analisadas. As taxas de obesidade dobraram em 73 destes países.

Em 2015, entre os mais 20 populosos, os Estados Unidos têm o maior nível de obesidade infantil: 12,7%. No Brasil, também em 2015, 57% dos brasileiros estavam acima do peso.

Ainda segundo o levantamento, em 2015, a obesidade atingiu 107 milhões de crianças e 603 milhões de adultos em todo o mundo, ou seja, 5% das crianças e 12% dos adultos. Os dados apontam também que a obesidade é mais comum nas mulheres do que nos homens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.